CDB ou LCI/LCA? Qual é melhor?

Quando vale a pena investir em cada um.

Hoje nós vamos fazer um comparativo direto entre CDB e LCI. Veremos quando vale a pena investir em cada um deles. Caso você precise de mais detalhes sobre o funcionamento de algum dos investimentos citados aqui, recomendo que leia o artigo Renda Fixa, onde comento sobre cada tipo de investimento de renda fixa.

Atenção:Tudo que nós falarmos para o CDB, também servirá para a LC. E tudo que nós falamos para a LCI, também servirá para a LCA.

A primeira coisa que devemos fazer quando comparamos dois tipos de investimento, é listar as suas semelhanças e suas diferenças. Para que, a partir dali, possamos decidir qual investimento vale a pena para cada situação.

Semelhanças

Vínculo a um indexador: Ambos são investimentos de renda fixa, geralmente vinculados ao CDI. É possível que o investimento seja vinculado a outro indexador? Claro que sim. Porém, o mais comum é encontrar estas modalidades de investimento vinculadas ao cdi.

Proteção do FGC: Ambos são protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito. Portanto, não invista mais que R$ 150.000,00 em uma mesma instituição financeira. Caso você não compreenda o que é o Fundo Garantidor de Crédito, clique aqui.

Baixo risco: Uma vez que ambos investimentos são protegidos pelo fundo garantidor de crédito, o risco é baixíssimo. Portanto, o fator risco não influencia na decisão sobre qual investimento é melhor.

Liquidez ou prazo fixo: Ambos investimentos possuem tanto a possibilidade de resgate em um prazo fixo quanto a possibilidade de resgate com liquidez diária. Nós dizemos que investimento tem liquidez diária, quando ele permite o resgate imediato a qualquer tempo. Todos os investimentos que estamos comparando possuem uma versão que permite resgate a qualquer tempo e outra versão que apenas permite o resgate após decorrido o prazo fixo.

Existe apenas uma pequena diferença que já trataremos no primeiro item do tópico diferenças: LCI / LCA, embora possam ter liquidez diária, possuem um período mínimo de carência para que você possa resgatar. Normalmente, 90 dias. Ou seja, se você optar por contratar o LCI que permite resgate a qualquer tempo, ainda assim, precisará esperar 90 dias para ter o direito de realizar algum resgate.

No momento da contratação, você pode optar por resgatar seu dinheiro a qualquer momento (após o período de carência de 90 dias, no caso de LCI/LCA) ou apenas resgatar seu dinheiro quando chegar uma data específica.

Dúvida:Por qual razão eu optaria por deixar meu dinheiro preso até uma data específica? É melhor optar pela liquidez diária, não?

Depende! Normalmente, um investimento que não tenha liquidez diária, ou seja, que mantenha seu dinheiro preso até uma data específica, oferece uma rentabilidade maior que o mesmo tipo de investimento que permita resgate imediato, a qualquer tempo.

Diferenças

Carência para resgate: a LCI/LCA possuem um período de carência para o resgate do dinheiro. Normalmente você não consegue resgatar o seu dinheiro em menos de 90 dias. Claro que se você optar pela modalidade de investimento que permite o resgate apenas em determinado prazo fixo, não faz sentido falar sobre esta carência de 90 dias.

Ora, se você contratar um LCI, com prazo fixo, cujo resgate só acontecerá daqui a 2 anos (por exemplo), não faz sentido em falar da carência dos 90 dias. Isto porque você optou por um prazo mínimo de 2 anos em busca de uma taxa melhor. Mas neste caso é o próprio prazo contratual que você escolheu. Não é exatamente carência. Sabemos que a instituição financeira oferece uma taxa maior se seu dinheiro ficar preso por mais tempo.

Tanto LCI, LCA, CDB ou LC podem ter uma modalidade com resgate proibido até que aconteça determinado prazo fixo. Você optará por esta característica no ato da contratação. Caso escolha manter seu dinheiro preso, a rentabilidade será maior.

Mas, caso você decida ter o direito de resgatar seu dinheiro a qualquer momento, a LCI/LCA terão um período de carência, de, ao menos, 90 dias. Seu dinheiro ficará preso por, pelo menos, 90 dias. Ao passo que o CDB (ou LC) possuem modalidade que permite resgate imediato desde o primeiro dia.

Imposto: Esta é a principal diferença. Sabemos que LCI e LCA são isentos de imposto de renda. Enquanto a rentabilidade do CDB e da LC sofrem a incidência de imposto de renda conforme a tabela abaixo:

Até 6 meses22,5%
Entre 6 e 12 meses20%
Entre 12 e 24 meses17,5%
Acima de 24 meses15%

Portanto, é aqui que está o grande ponto de comparação para decidirmos qual investimento vale mais a pena.

Comparação da rentabilidade

O fator fundamental para a comparação entre as rentabilidades é o prazo que você deseja manter seu dinheiro investido. Quanto maior o prazo, mais favorável ao CDB será a comparação. Quanto menor o prazo, mais favorável à LCI/LCA.

Até 5 meses

Se você desejar manter seu dinheiro investido por até 5 meses, multiplique a rentabilidade do CDB por 0,78. Compare o resultado desta multiplicação com a rentabilidade do LCI.

Dúvida:Por exemplo, se seu banco oferecer um CDB a 100% do CDI e uma LCI a 82% do CDI. Qual vale mais a pena?

A rentabilidade do CDB é 100% do CDI. Para um prazo de até 5 meses, utilizamos o fator 0,78. Portanto 0,78 x 100% do CDI é 78% do CDI. Então, uma LCI com rentabilidade 78% do CDI seria equivalente ao CDB com rentabilidade de 100% do CDI. Mas seu banco, no exemplo acima, está oferecendo uma LCI com rentabilidade de 82% do CDI. Portanto, neste caso, a LCI é melhor que o CDB.

Atenção:Na dúvida, utilize nossa ferramenta de simulação de CDB e nossa ferramenta de simulação de LCI no site calculatudo.com. Estas ferramentas levam em consideração, impostos, inflação, reinvestimento, etc.

Entre 6 meses e 11 meses

Agora o fator já muda para 0,81. Ou seja, você deve multiplicar a rentabilidade do CDB por 0,81 para conhecer a rentabilidade da LCI que se equivale. Aqui cabe um parentese: o fator 0,81 é o fator para o mês 11. Sabemos que para o mês 5 o fator é 0,78. Portanto, caso você queira deixar seu dinheiro parado por exatos 6 meses, você pode optar por usar o fator mais próximo, que é o 0,78. O melhor é usar, pelo menos, 1 centésimo acima do fator anterior. Use 0,79, por exemplo.

Caso você queira mais precisão em seus cálculos, utilize nossa calculadora no site calculatudo.com.

Atenção:Perceba que, a medida que o tempo vai passando, o fator vai aumentando. Isto acontece por 2 razões. Razão 1: O imposto sobre o CDB vai diminuindo. Razão 2: Juros sobre juros que o CDB recebe em relação à diferença de rentabilidade. O CDB rende mais, mas ele só paga imposto no resgate. No meio do caminho, a rentabilidade é ajudada por haver juros sobre juros.

Entre 12 meses e 23 meses

Fator 0,835 para o mês 23.

Acima de 24 meses

24 meses: 0,865

36 meses: 0,87

Percebe? Quanto mais tempo seu dinheiro ficar investido, mais difícil ficará para a LCI concorrer com o CDB. Ao mesmo tempo, quanto menos tempo seu dinheiro ficar investido, mais difícil ficará para o CDB concorrer com a LCI. Porque o CDB paga muito imposto se você resgatar em curto prazo. E, em curto prazo, a vantagem do fator juros sobre juros da diferença de rentabilidade, favorável ao CDB, ainda não faz muita diferença.

Conclusão

Observe os fatores mencionados acima. Quanto menor o prazo, mais fácil será para a LCI/LCA vencer o CDB. Quanto maior o prazo, mais fácil será para o CDB vencer a LCI/LCA.

Regra Geral

Até 6 meses: Geralmente a LCI/LCA se sairá melhor para um prazo de até 6 meses.

Entre 6 meses e 2 anos: Compare as taxas conforme conversado acima.

Mais de 2 anos: Se você pretende deixar seu dinheiro investido por mais de 2 anos, o CDB, provavelmente, será sua melhor escolha. Faça sempre as contas, conforme comentado acima. Mas a chance de o CDB se sair melhor, é grande.

Na dúvida, faça uma simulação em calculatudo.com, para melhor compreensão.

Talvez seja de seu interesse
11,76 ms